Papo Sério e Instagram: @mbottan

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Bom, há um tempo atrás escrevi um post que para mim ajudou bastante com a nossa aproximação, acho que o Papo Sério: Gorda foi um dos meus primeiros textos que senti confiança em expressar meu ponto de vista sobre um assunto tão recorrente na vida de tantas adolescentes e mulheres e foi bem gostoso saber que foi bem recebido por vocês.

É sempre bom e muito realizador ver que mesmo por meio da escrita nós podemos ajudar pessoas a se amarem mais e melhorarem o dia a dia, sempre espalhando amor – tanto ao próximo como o próprio – e hoje com esse mesmo pensamento eu venho mostrar um Instagram que tem essa mesma pegada; eu conheci por meio de uma blogueira que tem como foco principal a autoaceitação por meio dos cabelos – o trabalho dela é maravilhoso sem a menor dúvida – mas essa tem como foco a autoaceitação pelo corpo, ajudando muitas pessoas a superar transtornos alimentares com sua experiência.

Além de contar seu cotidiano, a Mirian também nos ajuda – não só meninas e meninos que tem esses tipos de transtornos mas também ao passar tanto conhecimento – com tirinhas engraçadas e leves. Eu espero que vocês adorem tanto quanto eu o perfil dela e espero que ela não se deixe abater por tantos comentários maliciosos que pessoas fazem.

 

As fotos foram retiradas do perfil pessoal da Mirian.

Só orgulho, não é? Hoje o post foi curtinho mas espero que vocês tenham gostado, o perfil dela é esse daqui: @mbottan

Até uma próxima,

Jade Goulart

Resenha: “O mínimo para viver” [SPOILER]

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Eu espero que muito bem e saudáveis! hahaha No dia 14 a Netflix estreou o filme “O mínimo para viver” ou “To the bone” que tem como foco principal a trajetória da Ellen, personagem da atriz Lily Collins, enfrentando a anorexia. Logo no início a vemos fazendo parte de um grupo de reabilitação onde uma das garotas critica o ideal de perfeição feminina que é vendido pelas lojas para meninas/mulheres e a protagonista ridiculariza esse discurso por não querer estar lá.

Durante o percorrer da trama a personagem é internada em uma casa com outros adolescentes tanto com anorexia quanto bulimia e é transmitido a falta de ambiente familiar estável em que ela cresceu, a falta de entendimento que sua irmã tem sobre o assunto em suas repetições de “é só comer” e a ausência de seu pai que em nenhum momento aparece no filme.

Ou seja, é reforçada a ideia de desequilíbrio tanto interno quanto externo a todo momento, principalmente quando mencionam a morte de uma seguidora do seu Tumblr em que era compartilhado seus desenhos sobre a doença.

Durante o período de internação vemos adolescentes em diferentes níveis, porém todo o enredo é passado de forma superficial e rápida, a doença não é tratada com a seriedade que realmente possuí, nós temos a impressão que essas mesmas pessoas estão bem ainda que doentes e logo no final, ela decide depois de um sonho que não quer mais continuar anoréxica, sem contar que não sabemos o destino de seus colegas.

O filme não é de um todo ruim, é comercial, eu fiquei desapontada pela falta de profundidade que os personagens foram tratados, assim como, vários temas de importância que poderiam ser abordados mas não foram. Eu daria 5.5 para ele porque o elenco é maravilhoso e querendo ou não, são poucas tramas que se “aventuram” em temas tão atuais e importantes.

Bom, é isso. Vocês já viram o filme? O que acharam? Comentem aqui.

Até uma próxima,

Jade Goulart

 

 

O que eu espero desse mês

Alô, alô!

Como vocês estão? Início do ano eu ensinei por aqui a fazer o Bullet Journal e se bem me lembro, logo no começo do processo uma das principais coisas que deveriam ser feitas era “você” ser sincero com o que esperava da agenda e de suas metas para esses 365 dias, e bem, eu esperava ser mais organizada na faculdade hahaha – tentei, gente

Mas conforme o tempo foi passando muitas coisas foram acontecendo, algumas eu compartilhei pelo blog com vocês e outras guardei para o meu crescimento pessoal, mas hoje, depois de tantas metas sendo realizadas e outras que ainda pretendo realizar, vendo tudo o que passei nesses meses – principalmente depois de maio – percebi que agora estou em uma fase de mudanças.

É engraçado ver como mudamos em tão pouco tempo, o mundo joga tantas informações a todo instante que fica impossível se tornar impassível ao que está acontecendo e nesse vai e vem de momentos eu decidi : hora de se transformar. Então aqui estou eu fazendo uma lista de coisas que quero realizar tanto para o meu interior quanto exterior – até dezembro #foconameta hahaha

  • Aprender a cozinhar 

Há tempos que fiz com a minha mãe o delicioso bolinho de chuva , a verdade é que sempre gostei de fazer doces na cozinha, então nunca foquei nos pratos salgados, mas fala sério, mesmo que o tempo seja super corrido pelo trabalho + faculdade a sensação de felicidade depois da comidinha pronta é indescritível, né? Aguardem que em breve haverá receitinhas aqui como prova que consegui aprender a cozinhar hahaha

  • Decoração em casa

É bem difícil entrar no Pinterest e não se inspirar, e já tem tempo que queria mudar o ambiente que me rodeia – talvez aconteça agora ou mais para frente – mas o que vem me prendendo ultimamente são os tons leves e as plantinhas. Vejam minha pastinha que tá sucesso!

  • Pintar o cabelo

Tirei meus piercings e fiz uma tatuagem, agora tô doida para pintar meus cachos de uma cor sóbria para essa nova fase e quem sabe fazer um corte moderninho – tô de olho no chanel. Eu já escrevi sobre aqui: cor nos cachos e corte para cachos.

  • Comprar roupas noventinha 

Também aceito presentes hahahaha

  • Juntar dinheiro para uma viagem 

No meu Instagram o que mais sigo são mochileiros, tenho uma lista de lugares para conhecer espalhados por esse mundão, o que vocês acham de um post especial indicando os instas e falando um pouco sobre cada país? Falem para mim ❤

  • Me tornar uma pessoa cada vez melhor

Aí, aí, gente, é isso, o que vocês acharam? Bem capaz que aumente minha lista com alguns desejos como aprender uma nova língua, começar um estágio legal na área de bacharel, comprar novos livros clássicos, ver filmes e documentários bons e talvez conhecer aquela pessoa hahaha Vocês têm alguma vontade para esse ano?

Até uma próxima,

Jade Goulart

Aerosmith, roupas, 90s e nossa volta

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Aqui estou eu em pleno final de período e início de férias para bombardear vocês de novidades com tudo o que aconteceu em maio e também junho! Eu e Carol não tivemos moleza e foi um sacrifício ficar tanto tempo fora do ar, sentimos muita falta do blog e decidimos que agora com esse respiro vamos compensar e passar para vocês o melhor que nossa família guardou nesses meses hahaha

Quem nos acompanha desde o início sabe que eu tenho um abismo por tudo o que se refere aos anos 90, mas de uns tempos pra cá senti uma necessidade maior de me expressar por forma das minhas roupas – antes mais puxadas para o lado romântico e hoje com uma pegada mais largadinha – e me baseei na trilogia do Aerosmith com a Alicia Silverstone e Liv Tyler – Crying, Amazing e Crazy – que são maravilhosas, e gente, usam cada roupa nesses clipes que só babando mesmo.

Então resolvi dividir esse post em dois temas: roupas íntimas e as normais mesmo hahaha E já adianto que todas as fotos foram retiradas do Pinterest e são usadas aqui como inspiração, espero que vocês gostem tanto quanto eu!

  • As normais

Fato é que mudei meu estilo sempre tão romântico, e como disse mais acima desviei do super produzido e fui direto para o casual com acessórios, o que mais gosto de usar são os jeans+jeans, jaquetas, botas, camisetas com estampa lisa e também as ciganinhas – que para ser bem sincera, não sei se são dos anos 90, mas uso hahaha – all star – que é difícil de sair do meu pé – cropped e peças “destroyed”. Tenho que admitir que ainda sou adepta aos vestidos principalmente no calor, mas hoje opto mais por modelos que concentram informação na costura do que em estampa.

 

  • Íntimas

Outro fato dessa vida é que tenho seios pequenos e até os 18 amava sutiãs com bojo mas achava desconfortável, acho que nunca sabia ao certo qual escolher e sempre comprava apertados ou largos com raras exceções, mas foi aos 20 com a volta da renda que decidi dar uma chance para os sem enchimento e depois disso migrei completamente hahaha Além de serem lindos, ficam super confortáveis no corpo.

E de quebra, dá uma ótima composição com peças com decote cavado sem ficar vulgar. Tudo de bom, né?

Bom, é isso, espero que vocês tenham gostado do meu estilo e das fotos também, me falem o que acharam, se curtem Aerosmith como eu, se têm crush pesado nelas hahahaha, e o que mais quiserem! É ótimo estar de volta!

Até uma próxima,

Jade Goulart.

A menina que tinha medo de pontos finais.

Eu bem vi o quanto ela não queria dizer adeus, doía em sua alma não querer mais ter algo que lhe fora tão bom, e em noites frias ela pedia para não ter mudado o suficiente para poder reviver seus momentos mais especiais. Ela fechava os olhos, sorrindo e sentia o gosto do que já passou: estrelas, beijos e carinho.

Mas agora ela estava em um canto da cidade, perdida em seus pensamentos, chorando. Por que ela mudou? Por que as coisas não são como antes? O sabor não é o mesmo e o conforto também? Por que em seus braços tudo parece indiscutivelmente errado e longe, recebendo seu silêncio, também?

Talvez essa menina só não saiba o que quer. Ela balança os pés, batuca os dedos com um tique antigo pela madeira da mesa, relembra com saudosismo os momentos que não quer apagar da memória, que estão se esvaindo por suas mãos, por seus pensamentos, com o tempo, e olha para aquele que um dia foi à inspiração para os seus sentimentos mais lindos.

Olha para a foto dele, presa em um eterno momento em que foi feliz, sem ela.

Dizem que a tristeza quando bate dá aos artistas as palavras e as vontades mais loucas, as inspirações mais belas, e para ela não seria diferente. Nunca é. Ele marcou sua vida de tantas formas, desde pequena e agora já adulta, e apesar de tudo, seguir sem sua companhia lhe parecia à coisa mais difícil a se fazer quando sempre acreditava que eles dois independente do tempo teriam uma solução. Uma resposta e encaixe.

Suas amigas diziam que quem tinha parado no tempo por suas eternas decepções era ele, mas ela sentia em seu coração que o “não dizer adeus” a prendia; em seu dicionário compartilhado todas as palavras poderiam ser usadas, menos essa, tão distante e definitiva.

“Querido Castor,

Você sempre reclamou das minhas palavras nunca ditas e agora veja uma porção delas: em um filme que vi há anos atrás, uma personagem disse para seu parceiro “eu te amo, mas não gosto mais de você”, eu não entendi em primeiro momento o que aquilo significava, afinal, como era possível amar sem gostar da pessoa? Mas hoje eu vejo que talvez esse seja o nosso caso.

Eu não posso dar certeza dos seus sentimentos, tampouco dos meus sempre movidos à vapor. As borboletas estão mais escassas, ninguém tem culpa, o tempo passou e as circunstâncias prevaleceram. A gente sempre volta tentando se apoiar no outro, mas agora, tudo parece confuso. Você acertou quando disse que eu era complexa e eu em saber que às vezes, mesmo me conhecendo tão bem, você não saiba me ler.

Você a ama e me quer do seu lado; eu te quero bem e meu coração fica acelerado só de ter você com o corpo junto ao meu, assim como o seu, mas odeio o jeito que me trata atualmente, sua falta de certeza ou a falta de palavras, e talvez esse só seja mais um aviso do destino falando que nós não somos para ser.

Nós sempre fechamos os olhos para não sentir essa partida, eu peço: feche os seus.”

Ela mordeu seus lábios, outro tique que adquiriu com o tempo, olhou para a folha borrada de tinta bem a sua frente, e desenhou flores na borda cogitando mandar ou não. Era só medo e confusão…

Suspirou e levantou de sua cadeira, amassou em uma bolinha e jogou para o alto, que o tempo viesse e a ensinasse tudo o que precisasse. E eu bem vi o quanto ela não queria dizer adeus.

Jade Goulart

Séries do momento. Continuações/lançamentos.

Galeraaan, vocês que amam séries vão pirar nessa lista maravilhosa, top 4 de séries que estou amando/já amo. É queridos, vem muita coisa boa por aêeee, se segurem e arranjem tempo para aproveitar cada sérieeee maraa, para te tirar da seca. Chega de papo e bora conferir essa lista que está um arraso. CHOREI!

  • Para começar e já destruir a minha/nossa vida, PRETTY LITTLE LIARS. Óbvio, acharam que eu fosse começar como? Essa série maravilhosa volta dia 18 de Abril e estou para morrer porque voltou para acabar, literalmente. #tochorando Vê se não vai perder né! Se ainda não viu essa série, corre que ainda da tempo, ou não rs.

 

  • RIVERDALE, simm bebêee, precisei de algo que suprisse a minha necessidade de PLL, então descobri essa série maravilhosa, que ganhou espaço nos meus finais de semana. ❤ Essa série está disponível no Netfilx do USA, mas ainda não chegou no Brasil. Ah, mas então como faz para ver Paula? Relaaaaxa queridss, só acessar o site official da série (link abaixo) e acompanhar todo sábado um episódio novo e legendado. riverdale-poster.jpg

http://riverdale.com.br/episodios/

  • Para tudo, gelei. HOW TO GET AWAY WITH MURDER. Gente, essa série é TOPZERAAAA. Muito boa mesmo, para quem curte investigação misturado com um drama, cola que é sucesso. No final do ano passado, no dia 22 de setembro, foi lançado a continuação dessa série maravilhosa. Neste ano, 2017, continuarão a ser divulgadas os próximos episódios da terceira temporada. Então corre para assistir, porque é muito boa, sério! Resultado de imagem para promo HOW TO GET AWAY WITH MURDER 22 setembro
  • PRISON BREAK, nota que só tem série sinistra aqui né. Bom, essa série eu comecei a ver recentemente, mas já me deixou muito bolada. Aflição é o termo. Indico muito essa série para o pessoal que curte drama com prisões, fugas, evidências, mortes e sequestros. Em 2017 será lançado os episódios da 5ª temporada, no dia 4 de abril na FOX. Provavelmente você lerá esse post após o lançamento, mas não me julgue! rs.184057.jpg

Bom gente, por hoje é só, espero que tenham gostado desse post, não esqueçam de deixar um comentário, curtir e compartilhar. Para ficar por dentro das suas séries favoritas vou deixar alguns sites que super recomendo. Beijoss até a próxima.

http://www.adorocinema.com/ ; https://seriesporelas.com.br/  ;

http://www.viciadoemserie.com/ ; http://www.ligadoemserie.com.br/

http://apaixonadosporseries.com.br/ .

–  Por Paula Ribeiro