As famosas metas de 2018.

Alô, alô!

Como vocês estão? Então pessoal, quem acompanha o blog sabe que sempre que vou a um lugar comento que uma das minhas metas para 2018 é conhecer novas coisas e viver diversos momentos – me permitir – e hoje vim trazer todas elas para vocês se inspirarem e talvez, tentarem também – são tantas. Eu tenho que admitir que pretendo no final do ano fazer um novo post dizendo quais consegui realizar e talvez, em breve também, traga a minha lista de lugares – outra coisa que estou devendo hahaha

Eu fiz essa lista bem no início do ano, juntei metas pessoais com algumas que vi de blogueiras e amigas, então, infelizmente dessa vez não vou conseguir trazer o nome de todas as pessoas que foram responsáveis pela minha vontade de mudar mas caso vejam algumas parecidas em sites diferentes,é isso hahaha Vamos lá:

  1. Fazer minha segunda tatuagem.
  2. Conhecer lugares novos – talvez uma viagem, uma trilha, um lugar bonito que envolva natureza.
  3. Juntar dinheiro – não gastar tanto.
  4. Me exercitar com regularidade – fazer por saúde e não por estética.
  5. Estagiar esse ano.
  6. Fazer algo mesmo que meu primeiro pensamento seja “não vou conseguir”.
  7. Procurar coisas que me inspirem.
  8. Me cuidar mais – física e psicologicamente.
  9. Ver todos os dias algo bonito – em mim, nos outros e no que me rodeia.
  10. Aprender algo novo – sem me restringir somente a coisas relacionadas a minha área.
  11. Ler os livros que comprei e acumulei.
  12. Estudar mais.
  13. Reconhecer pessoas tóxicas e me afastar delas – saber também reconhecer que às vezes eu também sou tóxica.
  14. Não depender de redes sociais.
  15. Ser prestativa – ter mais empatia com o esforço,seja do outro ou meu.
  16. Me dedicar ao que me faz bem – conhecer novas pessoas, coisas que me façam ser melhor.
  17. Beber mais água e dormir direito.
  18. Ser grata pelos aprendizados do dia.
  19. Ser positiva – aprender também a perdoar.
  20. Desejar somente e de o coração o que é para ser meu, aprender a deixar ir e pedir para toda dor ser passageira.

Bem, eu acredito que conforme o tempo for passando eu agregue mais metas para essa famosa listinha e compartilhe com vocês hahaha Espero que tenham gostado e que realizem as suas próprias, me contem o que desejaram para esse ano e se já conseguiram dizer “menos uma” hahaha Não esqueçam também de nos seguirem no insta do blog que lá sempre compartilhamos nosso dia a dia, ok? Caso queiram aparecer em nosso perfil e/ou stories usem nossas hashtags #paposérioblog e #paposériopelomundo.

Até uma próxima, beijos de luz!

Jade Goulart

 

Anúncios

Resenha: creme de pentear VOUDECOCO (Griffus)

Alô, alô!

Como vocês estão, pessu? Quem lembra da minha última resenha no blog sabe que eu já não escrevo sobre isso há 84 anos hahaha Desde o carnaval de 2017 cansei de mudar os produtos que uso em meu cabelo e agora, reservei esse momento único para falar do creme de pentear VOUDECOCO da Griffus.

Eu realmente acredito que seja uma linha nova porque até então, não conhecia a marca – pode ser engano da minha parte – quem comprou foi minha mãe porque nós sempre testamos produtos diferentes para avaliarmos uma variedade que seja compatível com nossos cachos.

Em um primeiro momento pensei que não iria gostar desse creme porque sua consistência era extremamente leve e se o usasse seria em grande quantidade para dar definição aos meus caracóis; não! Ele hidrata de uma maneira que em um mês não senti tanta necessidade de passar meus óleos para nutrição – mesmo que isso seja aconselhado para a manutenção da juba, principalmente das cacheadas – e com relação ao day after define os cachos até 1 dia e meio – eu faço exercícios e talvez por isso não dure mais. Meu cabelo é médio e portanto eu uso um pouco mais que uma moeda de um real de creme, mas isso muda conforme a necessidade da moçoila ou moçoilo hahahaha

Foto do produto retirada do Google e minha foto retirada da galeria pessoal.

Outra coisa boa também de se comentar é que normalmente eu sempre recomendo produtinhos para as cacheadas mas dessa vez tá liberado, povo! o creme não é focado em um tipo de fiação específica, o que faz ser bom para todos – na minha família tanto eu quanto os meus pais usamos e ambos tempos fios de estruturas diferentes.

“A linha VOUDECOCO da Griffus Cosméticos traz o poder do coco para nutrição avançada e revitalização capilar. O grande poder condicionante faz desta linha a maior aliada para beleza e saúde de todos os tipos de cabelo. Com extração da polpa do coco fresco por prensagem a frio, o óleo 100% vegetal altamente concentrado é o grande ativo da linha, que regenera o fio capilar e previne danos de agentes térmicos, químicos e ambientais. O resultado: cabelos fortes e saudáveis, macios, brilhantes e sem frizz.

O Creme para Pentear VOUDECOCO é um produto leave-in e protetor térmico, que possui princípios ativos de regeneração, proteção e hidratação intensa. Sua formulação é livre de parabenos, parafinas, óleos minerais e corantes.”

Texto retirado da embalagem do produto.

E para completar ele é VEGANO! Agora sim, pessu, tá valendo à pena hahahaha Se faz bem para mãe natu claro que faria bem para gente, não é? E sério, eu estou fazendo essa resenha no amor porque juro que não é jabá – quem me dera até hahaha #mepatrocinaporfavor

Bom, é isso, espero que vocês tenham gostado desse post e comentem aqui se vocês já conheciam e usaram esse creme para pentear ou a linha vegana, ok? Não esqueçam de nos seguirem também no insta do blog que sempre temos dicas e falamos sobre o nosso cotidiano, se quiserem aparecer por lá usem as nossas hashtags #paposérioblog e #paposériopelomundo.

Até uma próxima, beijos de luz.

Jade Goulart

 

 

 

Inspirações de fotos

Alô, alô!

Como vocês estão, pessu? Espero que todos estejam bem e cheios de saúde! hahaha Com a volta do blog percebi que gradualmente nossos assuntos mudaram, tanto os meus quanto os da Carol, mas isso não faz com que os de antigamente sejam menos interessantes, não é? Por isso hoje resolvi fazer um post bem do estilo de quando começamos para vocês! #nostálgica #throwback

Sempre que pensamos em nosso Instagram procuramos ao máximo seguir uma composição bacana para o perfil ficar o mais limpo possível e às vezes buscamos inspirações no famoso Pinterest – quem nunca? É por isso que selecionei algumas ideias de fotos para vocês copiarem e se divertirem:

Vocês pensaram que não teriam homens também, @?

E com a amiga e o mozão ou a mozona?

Todas as fotos foram retiradas do Pinterest.

O que mais gostei dessas fotos foi a facilidade com que podemos copiar: nós podemos procurar uma rua vazia, talvez a nossa, ir em uma praia e até ficar em frente a uma planta bem florida, o que vale é se divertir e aproveitar o cenário que nos rodeia.

Outro ponto legal de se ressaltar são os diversos ângulos que uma mesma fotografia pode ter, às vezes uma horizontal pode ficar mais bonita se vista de baixo para cima ou o inverso, abusem da criatividade!

A! Não esqueçam de nos seguir também em nosso instagram @paposerioblog para sempre nos acompanharem e usem as hashtags #paposérioblog e #paposériopelomundo para aparecerem em nosso perfil e/ou stories, ok? Se quiserem nos seguir em nossos perfis pessoais @caroldavd@eu hahahaha

Espero que tenham curtido esse post, até uma próxima e beijos de luz!

Jade Goulart

 

Lugares: MAC Niterói – ÁGUA PARADA E ANNABELLA&LYGIA&MIRA&WANDA

Alô, alô!

Como vocês estão, pessu? Quem acompanha o blog sabe que estabeleci como meta de 2018 conhecer diferentes lugares e me permitir viver novos momentos, eu percebi com o tempo que fiquei tão focada em ver feeds perfeitos que esqueci de viver outras coisas, quem nunca né? Foi assim que acabei indo em minha primeira trilha na Gruta do Spar em Inoã/ Maricá – escrevi como foi minha experiência aqui – e também agora no Museu de Arte Contemporânea em Niterói.

Não vou mentir, eu tenho uma lista de lugares para conhecer que em breve pretendo compartilhar com vocês hahaha O MAC fica na orla de Icaraí e de tempos em tempos apresenta diferentes exposições, as que vi foram ÁGUA PARADA de Vivian Caccuri (15/04 a 05/08) e ANNABELLA&LYGIA&MIRA&WANDA (03/03 a 11/11).

“A varanda do Museu de Arte Contemporânea será tomada pelo som de Vívian Caccuri, na exposição “Água Parada”. Abrindo no dia 14 de abril, a exposição dá continuidade à pesquisa sobre o som e seus efeitos na percepção e experiência estética da artista.

Por meio de caixas de som, o público será recebido por uma trilha sonora inédita, composta pelo zumbido de mosquitos, e envolto por faixas de fumaça que transformam a experiência da varanda do MAC. A visão se torna totalmente mediada pela audição, guiando a experiência estética a partir da pesquisa da artista.

Carioca, Vívian Caccuri já expôs por todo o Brasil e no exterior, como na Finlândia, Itália e Estados Unidos, entre outros. Além disso, seus trabalhos musicais já foram reproduzidos em uma rádio londrina, além da rádio Mirabilis, do Rio de Janeiro. Chegou a trabalhar com Gilberto Gil, mas também é uma escritora premiada pelo Prêmio Funarte de Produção Crítica em Música de 2013, com o livro “O que Faço é Música”, que explora os primeiros discos de vinil feitos por artistas plásticos no Brasil.” – O SOM COMO GUIA: “ÁGUA PARADA” E A PESQUISA DE VÍVIAN CACCURI

“Anna Bella & Lygia & Mira & Wanda: mulheres ocupam a varanda do MAC O MAC Niterói recebe, a partir de 3 de março, uma exposição só de mulheres, todas importantes nomes do cenário artístico contemporâneo. Com curadoria de Pablo Leon de La Barra e Raphael Fonseca, a mostra “Anna Bella & Lygia & Mira & Wanda” apresenta obras de Anna Bella Geiger (1933-), Lygia Clark (1920-1988), Mira Schendel (1919-1988) e Wanda Pimentel (1943-), presentes na importante Coleção MAC – João Sattamini. Cerca de 50 obras, com técnicas variadas (vídeo, pinturas, gravuras e esculturas), farão parte da exposição. Lygia Clark e Mira Schendel foram grandes pesquisadores das relações entre imagem e geometria no Brasil, sendo que, posteriormente, suas formas saem do plano e se dirigem ao espaço. No caso de Lygia Clark, seu interesse chega mesmo à experimentação de diversos sentidos por parte do público. Enquanto isso, Geiger é uma das precursoras do abstracionismo informal no país. Posteriormente, foi conhecida por suas experimentações na gravura e no vídeo, com destaque para a forma como a palavra exerce um lugar crítico e mesmo humorístico na sua pesquisa. Por fim, Wanda Pimentel é uma artista que trabalha predominantemente com pintura, com criações de obras icônicas durante os anos 1960 e 1970 em que o corpo feminino era fundido a objetos domésticos. Além das telas e esculturas, haverá, ainda, alguns vídeos da Anna Bella Geiger um vídeo sobre a Wanda Pimentel (dirigido pelo Antonio Carlos Fontoura, de 1972).” – ANNA BELLA & LYGIA & MIRA & WANDA

Infos retiradas do site: MAC Niterói 

Sobre preços: como fui em uma quarta-feira houve gratuidade mas os demais dias da semana o ingresso custa dez reais e a meia cinco para a entrada no museu, é importante lembrar que o pátio está aberto todos os dias mas o museu só de terça a domingo, ok?

A vista é maravilhosa assim como as exposições – algumas interativas – para quem gosta de tirar mil fotos é um cenário perfeito, principalmente na famosa golden hour hahaha Bem do ladinho do MAC há uma ponte que é perfeita para isso também, o lugar em si é um arraso hahaha Mas sem mais delongas, vou mostrar para vocês alguns registros desse diazinho lindo:

Todas as fotos foram retiradas dos meus arquivos pessoais.

Como vocês puderam perceber eu não resisti e tive que posar de modelo, né? hahahaha Espero que vocês tenham curtido esse post enorme e me contem se já foram ou têm vontade de conhecer esse museu lindão! Eu e a Carol estamos no insta do blog sempre postando conteúdo novo e mostrando um pouco de nossos passeios, não esqueçam de nos seguir por lá também, usem as nossas hashtags #paposério e #paposériopelomundo para aparecerem em nosso perfil e/ou stories!

Até uma próxima, pessu! Beijos de luz

Jade Goulart

 

 

 

 

 

 

Papo Sério: buscando o amor (próprio).

Sempre que escrevo aqui me sinto em casa conversando com uma amiga próxima, naqueles raros momentos que podemos parar depois de uma semana ou um dia cansativo e relaxar os ombros para sentir que estamos bem – ou ficaremos.

Eu sempre li pela internet que devemos nos livrar de pessoas tóxicas, e bom, eu concordo, pessoas, coisas, instantes que nos fazem mal, puxam para baixo e amarguram nossa vida realmente devem ser deixados de lado mesmo que exija esforço de nossa parte, o importante é ficar em paz; mas quantas vezes podemos reconhecer que o problema – sim, é isso mesmo que eu quero dizer – não são eles, mas nós mesmos?

Eu fiquei muito acostumada a lidar com pessoas tóxicas, tão acostumada em minha rotina que simplesmente aceitava quando as coisas não corriam de uma forma “natural”:

A amiga me passou para trás ou fez um comentário para me diminuir? Tudo bem.

O namorado fez eu aceitar algo que eu não queria? Tudo bem também.

Não, não tá tudo bem. É sério, se tem uma coisa que não está bem é isso.

Mas primeiro, antes de reconhecermos que algo está errado precisamos olhar para dentro e ver que esse tipo de tratamento parte de nós, coisas que aceitamos sem querer, maneiras que achamos que devemos ser tratados mesmo que não seja a forma que tratamos o outro em nosso dia a dia.

E daí fica a pergunta: até quando vamos ter mais carinho e compreensão com um terceiro; não se priorizar?

Diferente dos outros posts, dessa vez eu não tenho uma solução, um conselho, nada que eu possa passar por agora que vá mudar essa situação, é um processo gradual que eu estou vivendo – aprendendo a me amar mais.

Mas uma vez com o problema já identificado, fica mais fácil a cura – é o que dizem.

Tá tudo bem às vezes não ficarmos bem e tá tudo bem também, como dizem os clichês, sermos um pouco egoístas para preservarmos a nossa saúde mental – pode acreditar, o mundo gira com ou sem você e se você não estiver bem, não vai poder ajudar ninguém, permita-se ter esse tempo para se cuidar.

É isso gente, espero que todos tenham muita luz em suas vidas.

Tudo é um processo.

Jade Goulart

Trilhas: Gruta do Spar (Maricá)

Alô, alô!

2018 está sendo um ano de tentativas para mim, acho que uma das minhas principais metas para esse novo ciclo é me permitir – tentar melhorar meu amadurecimento pessoal, emocional, rever meus ideais, minha percepção de mundo e, por fim, ter coragem! Coragem para substituir o “não vai dar certo” pelo “eu vou conseguir”.

Sempre no final do ano eu determino metas que quero realizar para a entrada do novo, eu estou realizando algumas e talvez, mais para frente, compartilhe minha lista para inspirar alguns de vocês – esse ano ainda quero escrever sobre elas, individualmente, se tudo der certo. hahahaha

Desde pequena eu sempre tive muita vontade de fazer trilha, mas era tão desastrada e tinha tanto medo que sempre adiava! De tanto me permitir e querer viver novos momentos conheci uma amiga na faculdade e ela me convidou – por sorte, bem próximo a minha casa – para eu vir na Gruta do Spar.

A trilha fica em Inoã (Maricá) e é ótima para quem está começando nessa vida – como eu hahaha – é importante levar lanternas, água – pelas incríveis subidas íngremes – e um bom tênis que não derrape tanto. E por que? Durante o trajeto na subida, em alguns pontos, o chão tem uma pequena fenda que “te obriga” a andar com as pernas afastadas… mas calma! juro que dá tudo certo no final!

Para os aventureiros radicais, também há a possibilidade de fazer rapel – eu não cheguei a ir, mas meus amigos mais experientes disseram que a vista de cima é linda!

Um ponto a se atentar é a natureza: a vegetação do lugar, o chão composto por minerais – que brilham conforme nós andamos, as formações rochosas, são de longe, a coisa mais bonita de se ver!

UFA! Aqui embaixo estão algumas fotos do dia – perdoem a falta de qualidade e não desistam de mim (aceito mimos – mentira, porém depende hahahaha). Algumas das fotos estão no meu insta pessoal, os vídeos da gruta estão nos destaques, e com essa volta do blog postaremos novas coisinhas no insta de lá – quem não segue, dá uma passada para conhecer! Nós também criamos as hashtags #paposériopelomundo e #paposérioblog para vocês aparecerem no nosso perfil! É isso, até uma próxima pessoal, beijos de luz!

Instagram: @jadegoulart

OBS: Essa foi a minha primeira vez em uma trilha mas eu fui com um grupo de amigos que já estavam acostumados com o caminho, o indicado sempre é ir com um profissional e/ou com pessoas que já conheçam o trajeto, ok? Por fim, espero que vocês se divirtam e para quem não conhece, se deem essa chance porque o lugar é lindo demais!

Jade Goulart

Eu te amo, mas preciso ir

Quando o assunto é você nunca sei por onde começar, o estômago embrulha, a ansiedade surge e o medo toma conta do meu ser, fico me perguntando como uma pessoa pode mexer tanto comigo. Eu tentei seguir em frente, eu tento todos os dias desde a hora que acordo até quando encosto a cabeça no travesseiro e vou dormir, eu quero esquecer, sofrer não é mais uma opção, eu só queria ter forças suficientes para dizer não e acabar com essa história que deveria ter sido finalizada há tempos.

Eu tenho consciência de que você não é o cara dos meus sonhos, mas é o cara que o meu coração escolheu para amar e meu Deus como eu amo, te desejei por cada dia desde que nos separamos e te ver ao lado de outra, saber que ela pode estar te fazendo tão feliz ou mais que eu me mata por dentro, eu não quero mais ser a pessoa que te acompanha ao cinema, que janta com você ao lado dos seus pais nem a pessoa que tem potencial para ser a mãe dos seus filhos, eu quero seguir em frente, comprar o meu carrinho e terminar a faculdade, só almejo ser a mulher forte, determinada e independente que não para a vida porque terminou um relacionamento, por isso, eu escrevo, digito cada palavra para sentir nem que por alguns segundos aquela sensação de alívio, para talvez assim conseguir finalmente seguir em frente e te esquecer, esquecer o cara que ainda percorre meus sonhos.

Não sou egoísta, eu quero muito te ver feliz ao lado dela ou de uma Paloma, Victória, Isabella, Fernanda, Ingrid ou qualquer outra, mas quando penso que outra está fazendo o que eu não fui capaz de fazer, mexe com meu ego, reabre feridas que não sei se irão cicatrizar, eu preciso ir, mas não sou capaz de fazer isso sozinha porque infelizmente o coração grita, implora por um retorno que é inviável para ambos. Então, pelo bem da minha integridade psicológica eu peço que por favor, não me procure mais porque isso cria esperanças que não deveriam existir e eu juro que você nunca mais vai ter notícias da sua ex, não receberá nenhuma ligação, tampouco sms. Te desejo toda a feliz que o universo possa te proporcionar e mais, nunca esquecerei os momentos incríveis que passei ao seu lado, você marcou a minha vida e é o protagonista de uma das histórias mais lindas e marcantes da minha existência.

”Dizem que para esquecer alguém que você goste muito, você precisa transformá-lo em literatura. Sendo assim, escreverei livros a minha vida toda e mesmo assim não conseguirei me livrar de você.”
—  500 dias com ela

Com todo o meu amor,
A ex.

Caroline David

Sobre nós:

Toda vez que ponho a cabeça no travesseiro fico pensando em nós dois, mesmo que não propositalmente as palavras se alinham e logo, logo já estou vendo o seu sorriso, nossa história tão nossa e todas as coisas que me fazem te amar cada vez mais.

A verdade é: no dia em que te conheci, eu e você conversando por acaso, eu fiquei admirada contigo, de longe o mais gentil e carinhoso, tendo mesmo sem querer, os adjetivos mais bonitos a seu favor. Eu que nunca pensei amar uma pessoa tão diferente, com a sua pele corada e cabeleira de girassol, me percebi apaixonada por cada gesto teu.

E por mais que eu pense sempre em nós, quando vou passar para o papel as palavras não parecem caber direito, você que é tão seu, fez com que eu me perdesse por traços da sua personalidade tão única. Eu sempre escrevi sobre mulheres fortes que descobrem o mundo a partir de um olhar sóbrio e talvez você seja o encaixe de todas as minhas protagonistas, heroínas de suas histórias.

Eu te amo por seu sorriso correto, seu cabelo amarelado, sua personalidade aventureira e ao mesmo tempo acolhedora, amo cada dia mais por suas piadas inteligentes, o jeito que sempre tenta fazer com que tudo dê certo, te amo por seus sonhos e ainda mais quando você me inclui neles, te amo por tantas coisas que sinto que cada palavra é pouco perto da imensidão que é meu sentimento por você.

Foi sorte minha te encontrar em maio.

Foi sorte nossa viver esse amor.

Alô, alô agosto! 

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Eu espero que bem, saudáveis, realizados e felizes hahahaha Ontem foi o último dia de julho e com ele nós dissemos um “tchauzinho” bem dolorido para as férias e por isso hoje eu fiz esse post bem rapidinho esperando emanar toda a positividade que conseguir para deixar o dia de vocês um pouco melhor.

Selecionei do Pinterest algumas frases motivacionais que eu gosto muito e sempre guardo comigo de diversos autores diferentes, alguns são sobre bem estar e outros bem feministas como eu – não posso negar hahaha Espero que gostem ❤

Ah! E recentemente o blog tem feito algumas quotes também, ó aqui:

Muitas dessas frases vem tomando conta do nosso Instagram, estamos apostando em uma nova cara e gostando muito dessa fase, se vocês não conhecem passem no @paposerioblog hahaha Bom ,é isso gente linda, espero que vocês tenham gostado bastante assim como eu!

Até uma próxima,

Jade Goulart

Eu acredito…em mim!

Nunca foi boa nas seguintes coisas: localização geográfica, controle das horas, não transparecer seus sentimentos e parar de escrever. Vez ou outra até conseguia realizar todos esses feitos ao mesmo tempo, escrevia qualquer nota em seu celular ou fazia listas de coisas que gostaria de fazer/ter/realizar, não prestava atenção no caminho, sempre tropeçando em alguém e assim, fazia suas caretas intermináveis, terminando por perder a hora marcada.

Era doce e tantas vezes colocava o sentimento de quem tinha carinho em primeiro lugar, cresceu no meio de livros, desenhos, histórias e magia – de lugares, de coisas e de pessoas – e seguia sua rotina feliz com o que viesse – tudo que era para ser teria sua hora.

Foi assim que em um dia, sem perceber, um vendaval a atingiu. Era tempo de mudança, tempo de se reescrever; as circunstâncias queriam assim e assim seria. Foi então que a época mais tortuosa da sua vida começou e também a sua melhor.

Vejam só, “quem caí sete vezes, levanta oito”, e ela cresceu a ponto de se tornar maior que seus sonhos, cresceu a ponto de querer o mundo e ser filha dele mesmo. Decidiu se aventurar mais, mergulhar na realidade da vida e na fantasia de seus contos, se apaixonar – por si e pelos outros – e desfazer dessa ideia boba de colocar sentimentos alheios acima dos seus.

Ela tinha alma de artista, era e é uma arte por si só. Quando queria lutava para conquistar e se iluminava mesmo com o que se pusesse em sua frente, tudo é aprendizado, vejam, ela merecia o mundo e conquistaria ele, como deve ser e será.

Jade Goulart

Papo Sério e Instagram: @mbottan

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Bom, há um tempo atrás escrevi um post que para mim ajudou bastante com a nossa aproximação, acho que o Papo Sério: Gorda foi um dos meus primeiros textos que senti confiança em expressar meu ponto de vista sobre um assunto tão recorrente na vida de tantas adolescentes e mulheres e foi bem gostoso saber que foi bem recebido por vocês.

É sempre bom e muito realizador ver que mesmo por meio da escrita nós podemos ajudar pessoas a se amarem mais e melhorarem o dia a dia, sempre espalhando amor – tanto ao próximo como o próprio – e hoje com esse mesmo pensamento eu venho mostrar um Instagram que tem essa mesma pegada; eu conheci por meio de uma blogueira que tem como foco principal a autoaceitação por meio dos cabelos – o trabalho dela é maravilhoso sem a menor dúvida – mas essa tem como foco a autoaceitação pelo corpo, ajudando muitas pessoas a superar transtornos alimentares com sua experiência.

Além de contar seu cotidiano, a Mirian também nos ajuda – não só meninas e meninos que tem esses tipos de transtornos mas também ao passar tanto conhecimento – com tirinhas engraçadas e leves. Eu espero que vocês adorem tanto quanto eu o perfil dela e espero que ela não se deixe abater por tantos comentários maliciosos que pessoas fazem.

 

As fotos foram retiradas do perfil pessoal da Mirian.

Só orgulho, não é? Hoje o post foi curtinho mas espero que vocês tenham gostado, o perfil dela é esse daqui: @mbottan

Até uma próxima,

Jade Goulart

Resenha: “O mínimo para viver” [SPOILER]

Alô, alô!

Como vocês estão, pessoal? Eu espero que muito bem e saudáveis! hahaha No dia 14 a Netflix estreou o filme “O mínimo para viver” ou “To the bone” que tem como foco principal a trajetória da Ellen, personagem da atriz Lily Collins, enfrentando a anorexia. Logo no início a vemos fazendo parte de um grupo de reabilitação onde uma das garotas critica o ideal de perfeição feminina que é vendido pelas lojas para meninas/mulheres e a protagonista ridiculariza esse discurso por não querer estar lá.

Durante o percorrer da trama a personagem é internada em uma casa com outros adolescentes tanto com anorexia quanto bulimia e é transmitido a falta de ambiente familiar estável em que ela cresceu, a falta de entendimento que sua irmã tem sobre o assunto em suas repetições de “é só comer” e a ausência de seu pai que em nenhum momento aparece no filme.

Ou seja, é reforçada a ideia de desequilíbrio tanto interno quanto externo a todo momento, principalmente quando mencionam a morte de uma seguidora do seu Tumblr em que era compartilhado seus desenhos sobre a doença.

Durante o período de internação vemos adolescentes em diferentes níveis, porém todo o enredo é passado de forma superficial e rápida, a doença não é tratada com a seriedade que realmente possuí, nós temos a impressão que essas mesmas pessoas estão bem ainda que doentes e logo no final, ela decide depois de um sonho que não quer mais continuar anoréxica, sem contar que não sabemos o destino de seus colegas.

O filme não é de um todo ruim, é comercial, eu fiquei desapontada pela falta de profundidade que os personagens foram tratados, assim como, vários temas de importância que poderiam ser abordados mas não foram. Eu daria 5.5 para ele porque o elenco é maravilhoso e querendo ou não, são poucas tramas que se “aventuram” em temas tão atuais e importantes.

Bom, é isso. Vocês já viram o filme? O que acharam? Comentem aqui.

Até uma próxima,

Jade Goulart