As famosas metas de 2018.

Alô, alô!

Como vocês estão? Então pessoal, quem acompanha o blog sabe que sempre que vou a um lugar comento que uma das minhas metas para 2018 é conhecer novas coisas e viver diversos momentos – me permitir – e hoje vim trazer todas elas para vocês se inspirarem e talvez, tentarem também – são tantas. Eu tenho que admitir que pretendo no final do ano fazer um novo post dizendo quais consegui realizar e talvez, em breve também, traga a minha lista de lugares – outra coisa que estou devendo hahaha

Eu fiz essa lista bem no início do ano, juntei metas pessoais com algumas que vi de blogueiras e amigas, então, infelizmente dessa vez não vou conseguir trazer o nome de todas as pessoas que foram responsáveis pela minha vontade de mudar mas caso vejam algumas parecidas em sites diferentes,é isso hahaha Vamos lá:

  1. Fazer minha segunda tatuagem.
  2. Conhecer lugares novos – talvez uma viagem, uma trilha, um lugar bonito que envolva natureza.
  3. Juntar dinheiro – não gastar tanto.
  4. Me exercitar com regularidade – fazer por saúde e não por estética.
  5. Estagiar esse ano.
  6. Fazer algo mesmo que meu primeiro pensamento seja “não vou conseguir”.
  7. Procurar coisas que me inspirem.
  8. Me cuidar mais – física e psicologicamente.
  9. Ver todos os dias algo bonito – em mim, nos outros e no que me rodeia.
  10. Aprender algo novo – sem me restringir somente a coisas relacionadas a minha área.
  11. Ler os livros que comprei e acumulei.
  12. Estudar mais.
  13. Reconhecer pessoas tóxicas e me afastar delas – saber também reconhecer que às vezes eu também sou tóxica.
  14. Não depender de redes sociais.
  15. Ser prestativa – ter mais empatia com o esforço,seja do outro ou meu.
  16. Me dedicar ao que me faz bem – conhecer novas pessoas, coisas que me façam ser melhor.
  17. Beber mais água e dormir direito.
  18. Ser grata pelos aprendizados do dia.
  19. Ser positiva – aprender também a perdoar.
  20. Desejar somente e de o coração o que é para ser meu, aprender a deixar ir e pedir para toda dor ser passageira.

Bem, eu acredito que conforme o tempo for passando eu agregue mais metas para essa famosa listinha e compartilhe com vocês hahaha Espero que tenham gostado e que realizem as suas próprias, me contem o que desejaram para esse ano e se já conseguiram dizer “menos uma” hahaha Não esqueçam também de nos seguirem no insta do blog que lá sempre compartilhamos nosso dia a dia, ok? Caso queiram aparecer em nosso perfil e/ou stories usem nossas hashtags #paposérioblog e #paposériopelomundo.

Até uma próxima, beijos de luz!

Jade Goulart

 

Anúncios

Lugares: MAC Niterói – ÁGUA PARADA E ANNABELLA&LYGIA&MIRA&WANDA

Alô, alô!

Como vocês estão, pessu? Quem acompanha o blog sabe que estabeleci como meta de 2018 conhecer diferentes lugares e me permitir viver novos momentos, eu percebi com o tempo que fiquei tão focada em ver feeds perfeitos que esqueci de viver outras coisas, quem nunca né? Foi assim que acabei indo em minha primeira trilha na Gruta do Spar em Inoã/ Maricá – escrevi como foi minha experiência aqui – e também agora no Museu de Arte Contemporânea em Niterói.

Não vou mentir, eu tenho uma lista de lugares para conhecer que em breve pretendo compartilhar com vocês hahaha O MAC fica na orla de Icaraí e de tempos em tempos apresenta diferentes exposições, as que vi foram ÁGUA PARADA de Vivian Caccuri (15/04 a 05/08) e ANNABELLA&LYGIA&MIRA&WANDA (03/03 a 11/11).

“A varanda do Museu de Arte Contemporânea será tomada pelo som de Vívian Caccuri, na exposição “Água Parada”. Abrindo no dia 14 de abril, a exposição dá continuidade à pesquisa sobre o som e seus efeitos na percepção e experiência estética da artista.

Por meio de caixas de som, o público será recebido por uma trilha sonora inédita, composta pelo zumbido de mosquitos, e envolto por faixas de fumaça que transformam a experiência da varanda do MAC. A visão se torna totalmente mediada pela audição, guiando a experiência estética a partir da pesquisa da artista.

Carioca, Vívian Caccuri já expôs por todo o Brasil e no exterior, como na Finlândia, Itália e Estados Unidos, entre outros. Além disso, seus trabalhos musicais já foram reproduzidos em uma rádio londrina, além da rádio Mirabilis, do Rio de Janeiro. Chegou a trabalhar com Gilberto Gil, mas também é uma escritora premiada pelo Prêmio Funarte de Produção Crítica em Música de 2013, com o livro “O que Faço é Música”, que explora os primeiros discos de vinil feitos por artistas plásticos no Brasil.” – O SOM COMO GUIA: “ÁGUA PARADA” E A PESQUISA DE VÍVIAN CACCURI

“Anna Bella & Lygia & Mira & Wanda: mulheres ocupam a varanda do MAC O MAC Niterói recebe, a partir de 3 de março, uma exposição só de mulheres, todas importantes nomes do cenário artístico contemporâneo. Com curadoria de Pablo Leon de La Barra e Raphael Fonseca, a mostra “Anna Bella & Lygia & Mira & Wanda” apresenta obras de Anna Bella Geiger (1933-), Lygia Clark (1920-1988), Mira Schendel (1919-1988) e Wanda Pimentel (1943-), presentes na importante Coleção MAC – João Sattamini. Cerca de 50 obras, com técnicas variadas (vídeo, pinturas, gravuras e esculturas), farão parte da exposição. Lygia Clark e Mira Schendel foram grandes pesquisadores das relações entre imagem e geometria no Brasil, sendo que, posteriormente, suas formas saem do plano e se dirigem ao espaço. No caso de Lygia Clark, seu interesse chega mesmo à experimentação de diversos sentidos por parte do público. Enquanto isso, Geiger é uma das precursoras do abstracionismo informal no país. Posteriormente, foi conhecida por suas experimentações na gravura e no vídeo, com destaque para a forma como a palavra exerce um lugar crítico e mesmo humorístico na sua pesquisa. Por fim, Wanda Pimentel é uma artista que trabalha predominantemente com pintura, com criações de obras icônicas durante os anos 1960 e 1970 em que o corpo feminino era fundido a objetos domésticos. Além das telas e esculturas, haverá, ainda, alguns vídeos da Anna Bella Geiger um vídeo sobre a Wanda Pimentel (dirigido pelo Antonio Carlos Fontoura, de 1972).” – ANNA BELLA & LYGIA & MIRA & WANDA

Infos retiradas do site: MAC Niterói 

Sobre preços: como fui em uma quarta-feira houve gratuidade mas os demais dias da semana o ingresso custa dez reais e a meia cinco para a entrada no museu, é importante lembrar que o pátio está aberto todos os dias mas o museu só de terça a domingo, ok?

A vista é maravilhosa assim como as exposições – algumas interativas – para quem gosta de tirar mil fotos é um cenário perfeito, principalmente na famosa golden hour hahaha Bem do ladinho do MAC há uma ponte que é perfeita para isso também, o lugar em si é um arraso hahaha Mas sem mais delongas, vou mostrar para vocês alguns registros desse diazinho lindo:

Todas as fotos foram retiradas dos meus arquivos pessoais.

Como vocês puderam perceber eu não resisti e tive que posar de modelo, né? hahahaha Espero que vocês tenham curtido esse post enorme e me contem se já foram ou têm vontade de conhecer esse museu lindão! Eu e a Carol estamos no insta do blog sempre postando conteúdo novo e mostrando um pouco de nossos passeios, não esqueçam de nos seguir por lá também, usem as nossas hashtags #paposério e #paposériopelomundo para aparecerem em nosso perfil e/ou stories!

Até uma próxima, pessu! Beijos de luz

Jade Goulart

 

 

 

 

 

 

Trilhas: Gruta do Spar (Maricá)

Alô, alô!

2018 está sendo um ano de tentativas para mim, acho que uma das minhas principais metas para esse novo ciclo é me permitir – tentar melhorar meu amadurecimento pessoal, emocional, rever meus ideais, minha percepção de mundo e, por fim, ter coragem! Coragem para substituir o “não vai dar certo” pelo “eu vou conseguir”.

Sempre no final do ano eu determino metas que quero realizar para a entrada do novo, eu estou realizando algumas e talvez, mais para frente, compartilhe minha lista para inspirar alguns de vocês – esse ano ainda quero escrever sobre elas, individualmente, se tudo der certo. hahahaha

Desde pequena eu sempre tive muita vontade de fazer trilha, mas era tão desastrada e tinha tanto medo que sempre adiava! De tanto me permitir e querer viver novos momentos conheci uma amiga na faculdade e ela me convidou – por sorte, bem próximo a minha casa – para eu vir na Gruta do Spar.

A trilha fica em Inoã (Maricá) e é ótima para quem está começando nessa vida – como eu hahaha – é importante levar lanternas, água – pelas incríveis subidas íngremes – e um bom tênis que não derrape tanto. E por que? Durante o trajeto na subida, em alguns pontos, o chão tem uma pequena fenda que “te obriga” a andar com as pernas afastadas… mas calma! juro que dá tudo certo no final!

Para os aventureiros radicais, também há a possibilidade de fazer rapel – eu não cheguei a ir, mas meus amigos mais experientes disseram que a vista de cima é linda!

Um ponto a se atentar é a natureza: a vegetação do lugar, o chão composto por minerais – que brilham conforme nós andamos, as formações rochosas, são de longe, a coisa mais bonita de se ver!

UFA! Aqui embaixo estão algumas fotos do dia – perdoem a falta de qualidade e não desistam de mim (aceito mimos – mentira, porém depende hahahaha). Algumas das fotos estão no meu insta pessoal, os vídeos da gruta estão nos destaques, e com essa volta do blog postaremos novas coisinhas no insta de lá – quem não segue, dá uma passada para conhecer! Nós também criamos as hashtags #paposériopelomundo e #paposérioblog para vocês aparecerem no nosso perfil! É isso, até uma próxima pessoal, beijos de luz!

Instagram: @jadegoulart

OBS: Essa foi a minha primeira vez em uma trilha mas eu fui com um grupo de amigos que já estavam acostumados com o caminho, o indicado sempre é ir com um profissional e/ou com pessoas que já conheçam o trajeto, ok? Por fim, espero que vocês se divirtam e para quem não conhece, se deem essa chance porque o lugar é lindo demais!

Jade Goulart